quinta-feira, 2 de abril de 2015

CONFIRA, NA ÍNTEGRA, O FILME "VALENTIM: TUDO NASCE DE UM SONHO", DE EVALDO PEREIRA, 1º LONGA PRODUZIDO EM UMA ESCOLA.


O longa "Valentim: Tudo nasce de um sonho", produzido, dirigido e escrito por Evaldo Pereira, foi totalmente filmado numa escola pública (algo inédito no Brasil). As filmagens, que não tiveram ajuda de leis de incentivo cultural, ocorreram na escola "Cel. Olímpio Cunha", em Cariacica



O filme "VALENTIM: TUDO NASCE DE UM SONHO" é um longa-metragem que foi filmado entre 2013 e 2014, na escola pública Olímpio Cunha, no bairro Santana, em Cariacica. A obra é uma produção totalmente independente e envolveu toda a escola, entre alunos, professores e servidores no processo de gravação. A ideia foi do professor de Artes Evaldo Pereira, que executou o projeto com a mobilização de toda a escola e a parceria da Adesjovem (Agência de Desenvolvimento Social Jovem). O professor Evaldo luta contra a banalização das artes nas escolas e tenta, através do audiovisual, atrair a atenção dos jovens para a educação.




VALENTIM

Sinopse do filme: Artista plástico chega à escola para realizar o sonho de ser professor, diante das diversas dificuldades pensa em desistir da educação e renunciar seu sonho, mas de repente encontra inspiração em seu talento e suas habilidades para conquistar os alunos e reinventar o ensino das artes na escola onde trabalha. O longa-metragem foi exibido no Cine Metrópolis (UFES) para mais de 200 pessoas, em duas oportunidades.





EVALDO PEREIRA


Evaldo Pereira é professor de Artes, fotógrafo, pintor, escultor, desenhista. Usando projetos com uma didática atrativa, o professor conquistou alunos e a maioria dos colegas de trabalho, ensinando técnicas práticas de grafite, tatuagem de henna, caracterização de personagens, esculturas, foto e vídeo. O filme possibilitou que o professor Evaldo Pereira recebesse a indicação ao título de "Capixaba do ano de 2014", eleição feita pelo jornal A Gazeta.

Curiosidades sobre o filme:


- Foi o primeiro longa metragem produzido em uma escola pública do Brasil.

- A história do filme é inspirada na própria história de vida do professor Evaldo.
- O filme contou com o apoio da diretora da escola, Dayse Manga.
- O longa que foi todo gravado com uma câmera fotográfica.

- O projeto ainda tem a preocupação de incluir pessoas com deficiência auditiva e o filme além de ter participação de alunos surdos é totalmente legendado.

- Seis turmas entre 1º, 2º e 3º ano, participaram do projeto.

FICHA TÉCNICA - "VALENTIM: TUDO NASCE DE UM SONHO"


Roteiro de Direção: Evaldo Pereira. Operadores de Câmera: Anselmo Loyola e Evaldo Pereira. Assistentes de Câmera: Ariel Ferreira e Éric Souza. Captação de Áudio: Humberto Fonseca. Assistente de Áudio: Thalita de Oliveira. Assistente de Direção: Anselmo Loyola.


Confira, na íntegra, o filme "Valentim: Tudo nasce de um sonho":


7 comentários:

  1. Excelente filme. Que possa servir de motivação para muitos professores de qualquer área do conhecimento que estejam enfrentando dificuldades em sala de aula. O filme também nos leva uma reflexão sobre as metodologias de ensino, mostrando que é possível serem menos engessadas e mais próximas das diversas realidades existentes. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado, Luciano! A nossa ideia é essa: motivar alunos, professores, pais e que essa motivação possa se estender à profissionais de outras áreas.

      Excluir
  2. Parabéns pela iniciativa! Como faço para adquirir o filme?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado! O filme não está à venda, mas você pode solicitar uma visita com exibição na sua escola pelo tel. 99697 1347 teremos o maior prazer em compartilhar e discutir ideias de incentivo à uma educação diferenciada.

      Excluir
  3. Meu amigo! É com muita satisfação, orgulho e emoçao que lhe parabenizo por esse trabalho fenomenal! Muito bom mesmo! Também sou servidor público estadual e assim como você acredito que podemos fazer a diferença ao exercer com qualidade o nosso papel.

    PARABÉNS!

    Um abraço.
    Ricardo Sanches.

    ResponderExcluir
  4. Excelente longa metragem.
    Sou estudante de Artes Visuais e me deslumbrei na sua didática de aula, penso que serei ou pelo menos tentarei fazer assim com meus alunos, interagir ao máximo e deixar fluir a criatividade, independente de ser conteudista e ficar amarrada no curriculo.
    Grande abraço. Patricia

    ResponderExcluir
  5. Evaldo, amei seu filme, senti que a educação ainda pode ter uma qualidade motiva pela motivação entre corpo docente e discente. Estou estudando artes visuais e assisti pequenos trechos do seu filme. obrigada por dividir conosco suas experiencias. se puder venha a Iúna palestrar e mostrar seu filme na integra para nós. será um prazer.

    ResponderExcluir