quarta-feira, 19 de setembro de 2012

PRÊMIO MULTISHOW FOGE DE MODISMOS E TENDÊNCIAS


Aconteceu, na noite desta terça-feira (18), na Arena Multiuso, Rio de Janeiro, a 19ª edição do Prêmio Multishow de Música Brasileira. Como de costume, a premiação do canal de TV musical indicou os melhores artistas musicais deste ano. Contudo, ao contrário de outros anos, foi montado um júri técnico para eleger os premiados das três categorias mais importantes da noite o que deu fim a era dos fãs clubes que travavam uma verdadeira guerra virtual para entregar os troféus a seus ídolos. Com isso, a premiação ficou mais equilibrada e a surpresa em torno dos vencedores ficou maior. Fugir de modismos e tendências passageiras foi o único ponto forte da premiação.

Tapete Verde - 1 (© Felipe Panfili e Roberto Filho AgNews)

Como, ao ler, você já deve supor, os contras foram muito maiores do que os prós. A começar pela dupla de apresentadores, formada pela cantora Ivete Sangalo e o humorista Paulo Gustavo (foto acima), que foi uma aposta errada da organização. Por diversos momentos, os comandantes da festa demonstraram falta de entrosamento e pouco cuidado com o texto. A frieza da plateia viveu o seu grande ápice no momento em que Ivete cobrou mais ânimo dos presentes para com os vencedores. Outro momento desnecessário foi quando a musa do axé, mesmo que em tom motivacional ou de brincadeira, disse que “Lady Gaga queria ser Gaby Amarantos”, ninguém quer ser Amarantos, nem ela mesmo eu acho.

Tapete Verde - 1 (© Felipe Panfili e Roberto Filho AgNews)

Seguindo a ideologia “Música Importa”, além de premiar vencedores, o Multishow promoveu no palco a dobradinha entre nomes consagrados no cenário musical e artistas que estão, relativamente, em começo de carreira. Partindo desta condição, o canal presenteou o público com encontros como Capital Inicial com Selvagens à Procura de Lei, que abriram a noite com a execução da música “Fátima” e “Mucambo Cafundó“; Gaby Amarantos, com Felipe Cordeiro e Lia Sophia, que juntos tocaram o “Ex Mai Love“, “Ai Menina” e “Ela Tá no Ar“; Thiaguinho com Walmir Borges; Erasmo Carlos com Filhos da Judith, que fizeram uma surreal versão do clássico “Quero Que Vá Tudo Pro Inferno“; Agridoce com Cícero, que juntos souberam relevar os problemas técnicos e as piadas sem graça dos apresentadores; entre outros. Em suma, o cenário com seis palcos e telões de LED ficou incrível, mas os duetos não funcionaram.

Tapete Verde - 1 (© Felipe Panfili e Roberto Filho AgNews)

Mais abrangente do que a próxima edição da premiação da MTV, o contestado VMB (que será realizado amanhã), o Prêmio Multishow 2012 dividiu a premiação em três tipos de júri: Super Júri, Júri Especializado e o Júri Popular. O primeiro, formado por músicos, jornalistas e críticos, decidiu cinco categorias – “Versão do Ano”, “Novo Hit”, “Clipe”, “Projeto Paralelo” e “Música Compartilhada”. Já o segundo, por sua vez, composto por diversas personalidades, elegeu os vencedores de três categorias – “Melhor Disco”, “Arista Revelação” e “Melhor Show”. O voto popular teve o privilégio de definir os campeões de sete categorias – “Melhor Cantor”, “Melhor Cantora”, “Melhor Grupo”, “Melhor Música”, “Melhor Show”, “Experimente” e “Música Chiclete”. Através da categoria “Mais Mais”, o Multishow apontou qual é o artista mais popular entre as redes sociais. Luan Santana, o artista com o maior número de indicações, saiu de mãos abanando.

Algumas categorias, teoricamente, teriam seus respectivos vencedores decididos durante o evento. Porém, misteriosamente, alguns dos vitoriosos agradeceram por meio de um vídeo exibido no telão. Esta é uma questão que fica no ar e, indiretamente, colabora para a progressiva queda do quesito credibilidade em torno das premiações musicais. 

Tapete Verde - 1 (© Felipe Panfili e Roberto Filho AgNews)

Por fim, o Multishow precisa seriamente se preparar melhor para produzir um evento com nomes tão importantes do show business nacional. Sobraram problemas durante a premiação: ordens do diretor vazando, falta de comunicação com os artistas na hora de entrar no palco e um show de falhas técnicas com relação ao som. Os microfones dos cantores estavam bem mais baixos que o da banda. Quem estava em casa, percebeu que algo estava errado. Música importa. Mas, áudio de qualidade não faz mal a ninguém!

Confira a lista dos vencedores do Prêmio Multishow 2012:

“Versão do Ano”: “Conversa de Botas Batidas” – Cícero
“Novo Hit”: “Ex Mai Love” – Gaby Amarantos
“Melhor Clipe”: “66″ – O Terno
“Projeto Paralelo”: Agridoce – Pitty e Martin
“Música Compartilhada”: “Canções de Apartamento” – Cícero
“Melhor Disco”: Tulipa Ruiz – “Tudo Tanto”
“Arista Revelação”: Gang do Eletro
“Melhor Show”: Paula Fernandes
“Melhor Cantor”: Thiaguinho
“Melhor Cantora”: Ivete Sangalo
“Melhor Grupo”: NX Zero
“Melhor Música”: Ana Carolina – “Problemas”
“Melhor Show”: Gal Costa – “Recanto”
“Experimente”: Banda Tereza
“Música Chiclete”: “Ai Se Eu Te Pego” – Michel Teló
“Mais Mais”: Michel Teló

Um comentário:

  1. Esse blog cada dia tem melhorado mais, parabéns!

    ResponderExcluir